One of the notable features provided by the Elixir language is the way it handles concurrency, how this is beneficial on a daily basis and adds value to the final software. And one of the things that comes up when learning about concurrency in Elixir is an acronym we hear...

After studying Elixir for a while and understanding how it works, I came across some questions about how writing tests would be in a functional language and where to start.

If you are studying Elixir and thought about how to connect with the database, you’ve probably heard of it.

Sempre que posso leio algum livro que pode me ajudar nos problemas do dia-a-dia em TI. O último que li foi Refatorando com padrões de projeto — Um Guia em Ruby, é um livro muito bom e rápido de ler, recomendo para quem tem interesse no assunto a comprá-lo.

Você decidiu usar Rails Engines na sua aplicação ou herdou um projeto que faz uso delas e você gostaria de entender como o fluxo funciona. O Rails guides possui uma introdução bem completa sobre o que são as tais das Engines (http://guides.rubyonrails.org/engines.html)